Ney Leprevost
Foto: Pedro de Oliveira/Alep

O secretário da Justiça, Família e Trabalho do Paraná, Ney Leprevost, afirmou que encaminhou para duas pastas do Poder Executivo federal uma proposta de criação da chamada ‘lista suja da Covid’.

A ideia do deputado licenciado é que o nome de quem for flagrado em festas clandestinas seja incluso na lista para que sofra consequências e não tenham acesso à UTI caso haja fila de espera.

“Encaminhei aos Ministérios da Saúde e da Justiça uma proposta que me parece absolutamente necessária e urgente neste momento da pandemia, onde algumas pessoas – para ganhar dinheiro fácil ou se divertir – se negam a compreender a situação que estamos enfrentando”, disse Leprevost ao explicar a medida.

“Caso precisem de UTI [Unidade de Terapia Intensiva] ou respiradores, a prioridade deve ser dada à pessoa que não foi ou promoveu estas festas”, disse.

Porém, Ney destaca que a ação não visa negar tratamento pois, segundo ele, seria “um ato de desumanidade”: “Não se nega tratamento, mas se prioriza quem cumpre a lei”.

Com informações da Banda B

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta