A Secretaria Municipal da Saúde (SMS) divulgou nesta sexta-feira (12/6) mais três óbitos de moradores da cidade pela covid-19. Com os registros, Curitiba soma 74 mortes pela doença.

As novas vítimas são duas mulheres e um homem. Uma das mulheres tinha 64 anos e doenças neurológica, cardiovascular e hipertensão; a outra, de 89 anos, tinha hipertensão, diabetes, doença cardiológica e alzheimer. Já o homem de 52 não apresentava doença prévia.

Os bairros Cidade Industrial de Curitiba (CIC), Tatuquara e Umbará são os que reúnem atualmente, em números absolutos, a maior quantidade de casos do vírus do novo coronavírus na capital, de acordo com levantamento realizado pela Secretaria Municipal de Saúde.

Conforme os dados informados nesta sexta-feira (12) pela Prefeitura, a CIC possui 75 casos da doença. O Tatuquara apresenta 74 casos confirmados de COVID-19, e o Umbará já tem 73 confirmações.

Em seguida, no ranking de casos confirmados da Covid-19, estão os bairros Ganchinho, com 72 casos, e Campo de Santana, que atingiu 71 casos confirmados.

Porém, se analisarmos os números de casos por número de habitantes, Os bairros Batel e Mossunguê em Curitiba são os bairros que estão em primeiro lugar na listagem dos com maior número de casos. Estes bairros tem uma taxa de incidência entre 200 e 350 casos por 100 mil habitantes.

Na sequência, em números relativos, aparecerem os bairros com 100 e 200 casos por 100 mil habitantes: Prado Velho, Cristo Rei, Cabral, Hugo Lange e Alto da Glória

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta