Foto: Hully Paiva / SMCS

Equipes da Prefeitura de Curitiba interditaram na sexta-feira (26) 46 estabelecimentos por descumprirem os protocolos e normas estabelecidas pelo município para o combate à propagação de coronavírus.

Ao todo, foram vistoriados 83 estabelecimentos nos bairros Água Verde, Alto da XV, Bairro Alto, Bigorrilho, Boqueirão, Hauer, Jardim das Américas, Pinheirinho, Portão, Rebouças, São Francisco, Sítio Cercado, Tatuquara e Tingui.

Desse total, 42 locais foram interditados durante o dia por descumprirem o decreto 810/2020 e realizadas nove notificações por comércio. Dezoito estabelecimentos foram notificados por desobedecer a resolução 1/2020.

No período noturno, Ação Integrada de Fiscalização Urbana (Aifu), em parceria com a Polícia Militar, realizou quatro notificações e foram interditados mais quatro locais entre bares, lanchonetes e restaurantes. Nesta sexta-feira (26) também foram verificados locais de diversas áreas, como academias, comércio varejista de material de construção, vestuário, eletroeletrônicos, brinquedos, móveis, salão de cabeleireiro, lojas de tintas, padarias e mercados, dentre outros.

“O objetivo das fiscalizações é inibir aglomeração, restringir o funcionamento de atividades comerciais em operação e proibir as que foram suspensas por meio do decreto 810/2020, durante o período de bandeira laranja (alerta nível médio)”, diz a diretora do Departamento de Fiscalização, Jussara Policeno.

Além disso, explica Jussara, todas as atividades essenciais para estarem em funcionamento devem atender integralmente à resolução 01/2020, de saúde sanitária, que prevê o uso de máscaras, disponibilização de álcool em gel e a proibição de aglomeração, organizando espaços de 1,5 metro entre as pessoas.

A população pode denunciar o funcionamento irregular de estabelecimentos pela central telefônica 156.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta