Foto: SMSC

Todos os lugares do mundo estão sentindo os impactos causados pelas paralisações decorrentes do coronavírus. Alguns deles, entretanto, não são negativos. Com o fechamento de serviços, cancelamento de voos e menor movimento de carros nas ruas, Curitiba teve uma diminuição da poluição atmosférica e melhora na qualidade do ar na última semana.

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo enviou à reportagem (RICMAIS) os valores de concentração de dióxido de nitrogênio (NO2) entre 19 e 25 de março. A redução foi significativa: na primeira data, o valor era de 15 µg/m3, enquanto no dia 25 era de aproximadamente 7,5 µg/m3. O monitoramento é feito pelo Instituto Água e Terra.

A pasta afirmou que com a falta de chuvas e baixa umidade do ar, a tendência seria o aumento da concentração de NO2. Como houve queda, prosseguiu a secretaria, se pôde “concluir que isso se dá em razão do isolamento social, já que há menos veículos circulando nas ruas”.

Fonte: RICMAIS

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta