Nesta sexta-feira (20), a Secretaria Municipal de Curitiba confirmou que o médico Jamal Munir Bark testou positivo para coronavírus. O profissional atende na UPA do Boqueirão e na unidade de saúde central de Rio Branco do Sul, na RMC.

Segundo a médica infectologista da secretaria, Marion Burger, o profissional é um dos seis pacientes com confirmação da doença que estão internados em Curitiba.

“Ele está internado na UTI do Hospital Marcelino Champagnat e a fonte de infecção foi uma colega com sintomas leves, que esteve no estado de São Paulo no início de março. Vale destacar que ele não teve transmissão comunitária e não pegou o vírus de nenhum paciente”, explicou.

Em nota, o Hospital Marcelino Champagnat informou que o médico foi internado com quadro de insuficiência respiratória aguda.

“Encontra-se internado em Unidade de Terapia Intensiva com suporte ventilatório e em estado grave”, explicou.

A Prefeitura de Rio Branco do Sul divulgou nota após a confirmação:

“A Secretaria Municipal de Saúde está entrando em contato com todas as pessoas e pacientes que tiveram contato com ele última terça-feira. Todas devem ficar em isolamento social e caso venham a apresentar sintomas, não devem procurar o Hospital Municipal ou as Unidades de Saúde.”

A Prefeitura de Curitiba também tomou providências na UPA do Boqueirão. Pacientes e colegas de trabalho estão passando por avaliação e verificação de sintomas. Um trabalho de desinfecção da UPA foi realizado e não há restrição para atendimentos no local.

Fonte: Banda B

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta