A Prefeitura de Curitiba anunciou que vai contratar 428 profissionais de saúde para trabalhar no combate ao coronavírus na capital. Vão ser 50 médicos, 150 enfermeiros e 228 técnicos de enfermagem contratados de maneira emergencial.

O anúncio foi feito pelo prefeito Rafael Greca. A decisão foi possível graças à publicação do Decreto 407, publicado para dar mais agilidade às ações municipais contra a pandemia.

“Estamos enfrentando esse vírus com otimismo e determinação”, disse Greca.

“Tomamos uma série de medidas para garantir que a transmissão seja a menor possível em nossa cidade e que aqueles que venham a ser infectados recebam todo o atendimento adequado.”

Confira as principais medidas recentes contra o Coronavírus:

  • Contratação emergencial de 428 profissionais de saúde.
  • Criação de uma Comissão Técnica de Ética de Médica.
  • Suspensão das aulas na rede municipal entre 23/3 e 12/4.
  • Suspensão dos eventos culturais promovidos pelo município ou realizado na estrutura municipal, incluindo as festividades previstas para o aniversário da cidade.
  • Suspensão das atividades paraterceira idade realizadas por órgãos municipais, como Fundação Cultural, Fundação de Assistência Social e Secretaria de Esporte e Lazer.
  • Recomendação para os idosos que necessitem de medicamento da Farmácia do SUS Curitiba e que não tenham alternativa para buscar o medicamento que solicitem o mesmo por telefone 3350-9000.
  • Recomendação para que pessoas acima de 70 anos fiquem em casa e evitem usar os ônibus nos horários de pico.
  • Suspensão da Smart City Expo.
  • Publicação de decreto para agilizar medidas de emergência que forem necessárias para combater o coronavírus.
  • Isolamento domiciliar para todos os que chegaram de viagem ao exterior, em especial os que vieram dos países cuja situação é alarmante como Itália e Estados Unidos. Os que não apresentarem sintomas recomendamos que fiquem em casa por 7 dias. Os que apresentarem sintomas devem fazer contato via 3350-9000 e aguardar a melhora em casa. Evitem ir às Unidades Básicas de Saúde ou as UPAs.
  • Recomendação às igrejas para que realizem missas e cultos ao ar livre ou via transmissão on line, evitando dessa forma aglomeração em seus templos e igrejas.
  • Campanha de Vacinação contra o H1N1, a partir da próxima semana, nas Ruas da Cidadania, aliviando a pressão nas Unidades Básicas de Saúde
  • Convocação de alunos das universidades, em especial da área da saúde, para formar um grande mutirão de solidariedade e de voluntariado para atender à população da terceira idade de Curitiba.

A Prefeitura de Curitiba começou a se preparar para o que veio a se transformar na pandemia do coronavírus desde o início do problema na China, em dezembro de 2019.

Com a confirmação dos casos no país e na capital paranaense, as medidas estão sendo ampliadas, sempre com o objetivo de diminuir o avanço da doença, que é de fácil transmissão e tem como característica apresentar quadros leves em cerca de 80% dos casos – em cerca de 15% eles são moderados e em 5%, graves, de acordo com os registros mundiais do problema.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta