Iluminação em Curitiba | Imagem ilustrativa | Foto: Daniel Castellano / SMCS

Uma nova parceria pode modernizar ainda mais a cidade de Curitiba.

A capital paranaense, que já lidera o Ranking Connected Smart Cities 2022 e é uma das sete comunidades inteligentes do mundo (Prêmio Intelligent Community Forum 2022), busca acelerar ainda mais sua trajetória em busca da sustentabilidade.

A aprceria público-privada com a ENGIE, prevê um projeto de 23 anos e a troca das lâmpadas tradicionais por luminárias LED, para reduzir em 33% a conta de luz da cidade e ainda evitar em 6,7 mil toneladas a emissão de CO² (dióxido de carbono).

“Essa é uma parceria de longo prazo que reforça o nosso posicionamento em acelerar a transição energética para a neutralidade em carbono nos municípios brasileiros. Curitiba é referência em inovação e possui um planejamento urbano exemplar em modernidade, convergindo com o compromisso da ENGIE em tornar espaços urbanos mais eficientes e sustentáveis, com soluções que fortalecem a segurança pública, melhoram a mobilidade e promovem eficiência energética”, explica Jacques-Olivier Klotz, diretor-presidente da ENGIE Soluções.

 

A Engie possui, atualmente, mais de 1 milhão de pontos de iluminação no mundo, sendo 130 mil deles no Brasil, espalhados por Uberlândia(MG) e Petrolina(PE).

Fonte: Um Só Planeta|G1

 

RECOMENDADOS:

Deixe uma resposta