Foto: Siphiwe Sibeko/Pool via AP

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), informou que o Paraná deve receber 100 mil doses da vacina contra o coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford em parceria com a AstraZeneca para início da imunização em janeiro. Ao todo, o Brasil deve receber 2 milhões de doses nos próximos dias.

A previsão é que as vacinas cheguem de avião pelo Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na Grande Curitiba. De lá, parte das doses serão enviadas para os municípios do interior por aviões que vão partir do Aeroporto do Bacacheri, em Curitiba. O restante será enviado por caminhões.

Curitiba

A Prefeitura de Curitiba divulgou durante a tarde de quinta-feira o plano de vacinação, na capital paranaense.

Segundo a gestão municipal, um grupo de 18.150 pessoas — composto por profissionais da saúde, idosos em casas de repouso, funcionários de asilos e indígenas — serão imunizadas na primeira etapa.

A vacinação vai ser feita no pavilhão do Parque Barigui e os agendamento serão realizados por profissionais da prefeitura.

O prefeito disse ainda que o município tem R$ 100 milhões para a compra de vacinas, mas que depende de uma liberação do governo federal para fazer a aquisição.

Fonte: G1

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta