Foto: Divulgação

A valorização das cores, bordados e estamparias das roupas produzidas pelo designer Mateus Nudelmann o levaram para uma das mais importantes semanas de moda do mundo. O curitibano vai apresentar uma coleção própria na Paris Fashion Week, em outubro, depois de ter sido um dos dez selecionados pelo programa da boutique de Nova York Flying Solo, que promove novos talentos da moda mundial.

O prefeito recebeu o designer na manhã desta sexta-feira (31/7) em seu gabinete e não escondeu a satisfação:

“Você é um orgulho de Curitiba”, resumiu Greca.

Na visita, o rapaz entregou a Greca um presente para a primeira-dama, Margarita Sansone: um lenço com uma estamparia feita pela artista plástica Simone Campos, mãe de Mateus. Em retribuição, o prefeito entregou lenço com estampas feitas pelo escultor e pintor curitibano João Turin.

“Ele também fez moda”, disse o prefeito.

“Você não calcula nosso orgulho de saber que você vai brilhar nessa passarela internacional onde já brilharam os nomes de Coco Chanel, de Karl Lagerfeld, de Pierre Cardin e de todos os que foram grandes e pertencem à humanidade inteira. Vá e brilhe”, disse o prefeito a Nuldemann.

Preparativos
Marcado para 3 de outubro, o desfile no Paris Fashion Week será no Salon Marceau, em Paris. Mateus conta que não pode antecipar os croquis da coleção, mas adianta que se inspirou na natureza de uma das regiões do Brasil.

“Estou muito feliz em ser um curitibano o único brasileiro a representar a moda autoral. É uma oportunidade única, um grande passo na carreira”, disse Nuldemann.

A confecção dos oito vestidos que vão ser exibidos no desfile começou há um mês, entre costura, bordados com pedrarias e também terão estampas, feitos por sua mãe.

Formado em Design de Moda pela Universidade Positivo e com pelo Instituto Francês de Moda, em Paris, ele ficou sabendo da oportunidade quando a Flying Solo encontrou seu trabalho no Instagram.

Então, veio o convite para se inscrever no programa que lança novos talentos no mundo da moda. A empresa seleciona talentos em 26 países e, para cada desfile, apenas dez profissionais são selecionados.

Passarela curitibana
Greca convidou Nudelmann para que, em seu retorno da França, apresente as peças ao público curitibano e personalize uma coleção com os temas da cidade. O prefeito lembrou que é um entusiasta da cadeia da moda e vem incentivando seu fomento.

“Por isso o investimento da Prefeitura no Boqueirão Fashion Day, no nosso polo das malhas. A Itália, a França, a Alemanha se reergueram depois da guerra também pela cadeia produtiva da moda”, lembrou Greca.

O designer aceitou a proposta e não seria a primeira vez que teria seus modelos exibidos em parceria com a Prefeitura: em novembro de 2017, foi um dos 30 designers e estilistas curitibanos a participar da Curitiba Flower Power, que celebrou a primavera transformando o Calçadão da XV em passarela.

Também participaram do encontro a presidente da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Ana Cristina de Castro; a presidente da Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação, Cris Alessi; a assessora do gabinete Cyntia Maia Batista e o diretor artístico da FCC, Edson Bueno.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta