Foto: Circulando por Curitiba

A Maternidade Victor Ferreira do Amaral, no bairro Água Verde, em Curitiba, vai se transformar em um hospital exclusivo para tratamento de pacientes com coronavírus. Isso será possível devido à um convênio entre o Complexo Hospital de Clinicas (HC) e a Secretaria de Estado da Saúde.

A superintendente do HC, Claudete Reggiani, disse que a maternidade deve abrir 40 leitos de enfermaria na próxima semana. Segundo Claudete, a enfermaria é muito importante porque o paciente geralmente vai para a enfermaria primeiro e aqueles que vão para UTI mais graves depois retornam para a enfermaria, então a demanda é muito alta.

Agora as gestantes serão atendidas na sede do HCPR, no Alto da Glória, devido ao espaço que ficou livre no local, com o cancelamento de cirurgias eletivas na área da ginecologia.

“Então resolvemos transferir a obstetrícia da Victor Ferreira do Amaral para o nosso prédio no Alto da Glória e liberar o espaço da maternidade para Covid-19. Para fazer a mudança, avaliamos todos os dados técnicos, procuramos ver as áreas físicas, os recursos humanos, EPIS”, disse ela.

Fonte: Bem Paraná

RECOMENDADOS:

Deixe uma resposta