Na quinta-feira (02), a Prefeitura de Curitiba multou e fechou estabelecimentos que estavam abertos, mesmo após o novo decreto que proíbe atividades não essenciais na capital paranaense.

Equipes da Secretaria de Urbanismo e da Guarda Municipal seguem fiscalizando o comércio para ver se as novas medidas contra o coronavírus estão sendo cumpridas.

Na CIC, a maioria dos comércios e serviços estavam fechados – conforme previsto no decreto que suspende o funcionamento das lojas de rua, shoppings, salões de beleza, barbearias, clínicas de estéticas, academias e clubes.

Mas, ainda assim, alguns estabelecimentos estavam com irregularidades. Em duas lanchonetes, clientes estavam consumindo alimentos, o que está proibido. Segundo o decreto, esses estabelecimentos só podem funcionar com a retirada no balcão, delivery e drive-thru.

Os fiscais também flagraram uma academia aberta. O dono foi multado em R$ 10,6 mil.

No 1º dia de vigor do novo decreto, as fiscalizações em Curitiba ainda foram de orientação. Porém, agora, quem descumprir as regras recebe uma multa que vai de R$ 2 mil a mais de R$ 10 mil, e são fechados imediatamente.

A prefeitura ainda não divulgou as lojas que foram fechadas.

Fonte: G1

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta