Em live transmitida pelas redes sociais, nesta terça-feira (05), a secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak, criticou a alta movimentação de pessoas nas ruas da capital. Segundo a Urbs houve um aumento expressivo de idosos no transporte público, o que pode levar a prefeitura a tomar medidas “mais drásticas” ainda nesta semana.

“Não há nenhuma justificativa para essas pessoas estarem circulando e vamos ter que tomar medidas mais drásticas. O único motivo que pode levar uma pessoa com condição de saúde crônica ou idosa a sair de casa é para o tratamento de saúde e não é para ir ao comércio”, disse Huçulak.

Os números não foram divulgados, mas as medidas deverão ser sentidas.

“Quem está usando o transporte coletivo, vai ter surpresas, porque vamos ter que restringir algumas coisas. Infelizmente as pessoas não entenderam e, talvez, teremos que fazer como alguns países e limitar a circulação a 50, 100 metros de suas casas. Limitar para a proteção das pessoas”, disse.

Além dos idosos, são considerados do grupo de risco os portadores de doenças crônicas (diabetes, hipertensão, asma) e pacientes em tratamento de câncer.

Durante a live, Huçulak falou também sobre os questionamentos para a abertura de shoppings e academias em Curitiba. Segundo ela, a reabertura ainda não deve acontecer.

“Entendemos que as pessoas estão perdendo renda, mas isso não é possível no momento, precisamos primeiro ver como vamos nos comportar com a mudança climática de agora, chuva e queda de temperatura. Nós só conseguimos trabalhar com previsão de 15 em 15 dias”, comentou.

A médica infectologista Marion Burger também se manifestou e disse ser irresponsabilidade abrir neste momento, pois não há como saber como o vírus se comportaria na normalidade.

“Nós estamos há um mês e meio com a circulação, sendo todos de viajantes. Então, é muito pouco para a gente saber como o vírus vai se comportar em uma situação de normalidade, então não é responsável liberar nesse momento”, concluiu.

Fonte: Banda B

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta