Durante o último fim de semana, muitas aglomerações foram registradas em Curitiba. Devido as ocorrências o prefeito Rafael Greca fez um desabafo na tarde de segunda-feira (27) e lembrou da importância do isolamento social. Ele citou, por exemplo, o grande número de pessoas fotografadas no entorno do Museu Oscar Niemeyer, no Parque Barigui e em outros locais da capital.

Durante live diária da Prefeitura, Greca disse que a administração municipal não vai restringir o direito de ir e vir das pessoas, mas reforçou o apelo para que as pessoas fiquem em casa.

“Esse vírus mata, então renovo meu veemente apelo para que a população não relaxe no isolamento social, com responsabilidade. Nós não vamos sair caçando pessoas a laço, nem vamos revogar direitos de ir e vir, mas recomendamos e suplicamos a manutenção das medidas de distanciamento, com máscara, para o bem de todos os seus semelhantes”, disse.

Greca ainda afirmou ter visto com preocupação as imagens do último fim de semana.

“Se estamos abaixo da curva, é porque há um grande esforço coletivo e uma inteligente postura da maioria, que impede a circulação ativa do vírus. Autorizamos a Guarda Municipal a agir e notificamos a loja de pipas do Sítio Cercado e também a loja de móveis que fez liquidação no Novo Mundo. Isso é irresponsabilidade e irresponsabilidade em saúde pública pode ser homicídio”, afirmou o prefeito.

Além da aglomeração no entorno do Museu Oscar Niemeyer e no Parque Barigui, Greca citou o grande número de pessoas em praças do conjunto Itatiaia, no Sítio Cercado e no Ganchinho. Outros relatos de aglomeração tiveram relação com o Festival de Pipas do Neoville, na CIC, e uma rave realizada no Ganchinho.

Fonte: Banda B

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta