Foto: Divulgação/AEN

O governador do Paraná, Ratinho Jr, lamentou a saída de Moro do Ministério da Justiça e Segurança Pública, mas disse ter certeza de que ele vai continuar contribuindo com a nação em outros desafios. O Governador ainda declarou que o Paraná o recebe de braços abertos e uttilizou as hashtags #bichodoparana #pévermelho

O prefeito de Curitiba, Rafael Greca, também se manifestou e disse que Sérgio Moro e Maurício Valeixo, são reservas morais que o estado ofereceu ao Brasil.

Os senadores paranaenses comentaram a demissão de Sérgio Moro. Oriovisto Guimarães, do Podemos, escreveu que não quer ver o fim da autonomia da PF nas importantes investigações que realiza. O senador declarou ainda que segue acompanhando a situação política, mas deixa muito claro seu total apoio à Moro. Oriovisto disse também que espera que o Brasil consiga sobreviver a este momento turbulento.

Flávio Arns, da Rede, escreveu: é mais uma lástima que se acumula em meio a tantas crises que estamos vivenciando em nosso país. E fez perguntas em meio as postagens: “O que esperar agora? Polícia Federal sem comando técnico? Mais retrocessos no combate à corrupção?”

Álvaro Dias, do Podemos, disse que ainda mais graves que a demissão são os crimes denunciados. E que Inquéritos em andamento estimularam a demissão de Valeixo.

Já Fernando Franceschini, ex-delegado da PF e deputado estadual pelo PSL, escreveu que lamenta a saída de Sérgio Moro do Ministério, e defendeu a PF dizendo que a corporação é patrimônio nacional e que a sua autonomia é fundamental. O deputado ainda declarou que perde o Brasil e perde os brasileiros, com a saída de Moro do governo federal.

Fonte: CBN

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta