Sergio Moro pediu demissão nesta quinta-feira (23), a Jair Bolsonaro, após o presidente comunicar ao ministro que vai tirar do comando da Polícia Federal Maurício Valeixo, como informou mais cedo a Crusoé.

Bolsonaro informou o ministro, em reunião, que a mudança na PF deve ocorrer nos próximos dias. Moro decidiu então pedir demissão do cargo, e Bolsonaro tenta agora reverter a situação.

Os ministros Braga Netto (Casa Civil) e Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo) foram escalados para convencer o ministro a desistir da decisão. Se Valeixo sair, Moro sairá junto, segundo aliados do ministro. A troca na PF, no entanto, só deve ser oficializada na semana que vem.

Fonte: Oantagonista

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta