O Procon-PR, realizou neste domingo (29) fiscalização em alguns mercados de Curitiba para acompanhar e inspecionar a venda de produtos com preços abusivos durante o período de pandemia de coronavírus.

“É o momento que devemos ser solidários com o próximo e não abusar na questão dos preços”, disse o secretário Ney Leprevost.

Na última semana foi assinado um termo que limita a venda a 12 unidades de leite longa-vida, 2 fardos de papel higiênico e 5 litros de álcool líquido 70% por cliente. A medida foi tomada pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho e a Associação Paranaense de Supermercados (Apras).

Além disso, o Procon realiza também blitz para averiguar os preços.

“Continuamos a receber as denúncias por meio da plataforma consumidor.gov.br e do site http://www.procon.pr.gov.br”, reforça a chefe do Procon, Claudia Silvano.

Fonte: AEN

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta