Foto: Ricardo Marajó/FAS

Na manhã de sábado (28), o prefeito Rafael defendeu a união de prefeituras e do governo do Estado para combater a pandemia do coronavírus.

Por videoconferência com prefeitos e o governador do Paraná, Ratinho Junior, Greca disse que é necessário que todos ajam da mesma maneira para que o Paraná se mantenha no objetivo de salvar vidas e minimizar os impactos do Coronavírus sobre a economia.

“Temos que estar unidos nesse momento em que a dualidade de comunicação não pode existir. Temos que ter uma mensagem única, falar a mesma língua. Somos mais fortes que qualquer dificuldade. O ânimo não pode faltar. Temos fé na vida e nos serviremos de tudo que sabem a ciência e a medicina para enfrentarmos esse momento”, destacou Greca.

“Confio plenamente nas orientações do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, do secretário estadual da Saúde, Beto Preto, e da secretária municipal da Saúde, Márcia Huçulak”, completou o prefeito.

A videoconferência foi realizada com prefeitos de dez cidades e teve como foco alinhar um planejamento estratégico entre governo e municípios para enfrentar o avanço da doença.

“Precisamos pensar em conjunto, trocar experiências e unificar ações para que erremos o menos possível. A pandemia não é uma corrida de cem metros. É uma maratona, que em 15 dias não se resolve. Vamos enfrentar essa situação até junho, julho e por isso é preciso criar um modelo de gestão de crise”, disse Ratinho Júnior.

Participaram da reunião prefeitos de Curitiba, Ponta Grossa, Londrina, Maringá, Guarapuava, Araucária, São José dos Pinhais, Cascavel, Foz do Iguaçu e Piraquara. Prefeitos e secretários descreveram a situação nas suas cidades e os desafios enfrentados com o crescimento do número de casos do coronavírus.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta