A UFPR e a UTFPR decidiram neste domingo (15) suspender as atividades letivas por 14 dias. Já a Universidade Positivo optou pela manutenção das aulas nesta próxima semana. A suspensão já vale nesta segunda-feira (16).

As demais instituições de ensino superior de Curitiba, que participaram da reunião, ainda vão decidir no decorrer da semana que vem uma eventual paralisação.

Somente na UFPR, cerca 38,8 mil alunos de graduação e de pós-graduação e quase 6 mil servidores (técnicos e docentes), em seis cidades, serão afetados pela decisão.

Confira na íntegra a nota assinada pelas quatro maiores universidades do Paraná:

“Após ouvidas as secretarias municipal e estadual de saúde e considerando as especificidades das instituições aqui presentes, chegou-se a uma conclusão consensual quanto à imensa preocupação da continuidade das atividades letivas nas instituições de ensino superior (IES).
Em razão disso e considerando as naturezas jurídicas diferentes entre as IES públicas e privadas, UFPR e UTFPR decidem suspender, a partir de amanhã, 16 de março, as atividades letivas presenciais pelo prazo de 14 dias, inclusive para planejar e atender as condições de prevenção necessárias no combate ao COVID-19 recomendadas pelas próprias autoridades públicas de saúde (a exemplo de itens de higiene como álcool gel e sabonetes, praticamente ausentes no mercado).
As demais instituições presentes, em razão das suas especificidades, irão, a partir desta segunda-feira, encaminhar reuniões para definir eventual e progressiva suspensão de suas atividades.
Certas de que possuem um compromisso com a ciência e com as suas respectivas comunidades universitárias, e compromissadas com o diálogo permanente com as secretarias de saúde, as IES também partilham da preocupação de orientar e conscientizar seus alunos, docentes e funcionários com relação ao coronavírus e manifestam sua vigilância para a prevenção e o combate à pandemia.
Assinam esta nota os reitores da UFPR, PUC, UTFPR e Positivo”.

A Univeridade Positivo também emitiu uma nota:

“Em reunião com outras universidades da capital, a Universidade Positivo optou pela manutenção das aulas nesta próxima semana. Uma reunião interna será realizada nesta segunda-feira (16) para reavaliar a situação em Curitiba. Além disso, de acordo com orientações do Ministério da Saúde, a instituição tomou as medidas necessárias, como o afastamento dos alunos que viajaram aos locais de risco ou que tiveram contato com pessoas que viajaram. A UP segue acompanhando a evolução do COVID-19 e emitirá novo comunicado quando necessário.”

Fonte: Banda B

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta