A Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba e a Secretaria de Estado da Saúde do Paraná confirmaram, nesta quinta-feira (12/3), os cinco primeiros casos positivos de coronavírus na capital. Além deles, também foi confirmado um caso em Cianorte, noroeste do Paraná.

Todos os casos são importados e foram confirmados oficialmente por exames realizados pelo Lacen-PR, considerado referência pelo Ministério da Saúde. Dois deles são um homem de 54 anos e uma mulher de 25 anos, da mesma família, que estiveram recentemente na Espanha, Portugal e Holanda. Além deles, há outros dois homens com idades respectivas de 15 e 43 anos, de mesma família, com registro de passagem pela Itália. O quinto caso é um homem de 58 anos que também esteve na Itália.
Além dos cinco casos em Curitiba, há o da paciente de Cianorte que esteve no Oriente Médio.

As cinco pessoas apresentaram sintomas leves de infecções respiratórias, como febre, tosse, coriza, dor de garganta e cansaço. Todos passam bem e seguem em isolamento domiciliar voluntário, sendo monitorados pela Secretaria Municipal da Saúde.

A médica infectologista da SMS, Marion Burger, explica que o internamento só é indicado para casos com complicações, como infecção pulmonar. Mas alerta que é essencial manter o isolamento domiciliar, quando indicado.

Curitiba ainda investiga outros 25 casos suspeitos da doença em pessoas residentes no município – além de outros seis de residentes em outros municípios e estados, mas que foram atendidos em serviços de saúde na capital do estado.

Os casos de coronavírus só são considerados confirmados após testagem em laboratório de referência do Ministério da Saúde. No caso do Paraná, este laboratório é o Lacen-PR.

Fonte: Prefeitura de Curitiba

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta