Em cerimônia com o governador Ratinho Junior, nesta quarta-feira (11), o Grupo Heineken confirmou novos investimentos no Paraná, na unidade da indústria, em Ponta Grossa. A cervejaria anunciou que vai investir R$ 865 milhões até 2021 para a ampliar a produção da planta, concentrada em rótulos como Heineken e Amstel.

Ao todo vão ser 600 novos empregos entre diretos e indiretos. De acordo com a empresa, a capacidade total de produção será aumentada em 75% após os investimentos.

“Para nós é motivo de grande orgulho estar aqui em Ponta Grossa para anunciar um investimento tão robusto como esse. É mais uma empresa internacional acreditando no bom momento que o Paraná atravessa”, afirmou Ratinho Junior.

“Somos parceiros de quem quer investir, criar emprego e gerar renda. Ponta Grossa é referência em industrialização para o Brasil”, acrescentou ele.

Ele ainda destacou que a cervejaria já recebeu o licenciamento ambiental prévio, do IAT-PR, para poder iniciar as obras.

Haverá ainda, por parte da Copel, um reforço na transmissão elétrica para a nova planta.

O prefeito de Ponta Grossa, Marcelo Rangel, afirmou que o investimento é importante para todo o município, ampliando possibilidades de retorno à população em outras áreas.

“A indústria cervejeira é uma das que mais emprega e rende dividendos no mundo, auxiliando o desenvolvimento econômico do município e do Estado”, afirmou.

Com o crescimento da Heineken, o impacto afeta toda a cadeia produtiva, estimulando investimentos de outros setores como a indústria de embalagens.

Segundo Giamellaro, um dos grandes objetivos da ampliação é o lançamento de novos produtos, como a versão sem álcool da Heineken, que começará a ser vendida no País no segundo trimestre.

“Muito do investimento será destinado à Heineken 0.0”, disse o executivo.

Fonte: AEN

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta