Na terça-feira (3), o boletim da dengue divulgado pela Secretaria da Saúde confirma que o Paraná agora passou para o patamar de epidemia. Já são 44.441 casos confirmados e 113.488 casos notificados da doença. O aumento semanal nos dois indicadores é de 27,32% e de 18,3%, respectivamente.

Os óbitos por dengue também tiveram aumento nesta semana – de 23 para 30. Os novos óbitos confirmados atingiram pessoas de várias faixas etárias: uma adolescente de 14 anos, de Marechal Cândido Rondon, portadora de doença autoimune; um homem de 33 anos, de Guaíra, sem comorbidades; uma mulher de 45 anos, de Medianeira, com obesidade e artrose; outra mulher de 45 anos, de Alto Paraná, com hipertensão e lúpus; uma mulher de 66 anos, de Barbosa Ferraz, com diabetes, hipertensão e doença cardíaca; um homem de 72 anos, de Maringá, com doença renal crônica e um homem de 95 anos, de Colorado, com hipertensão arterial.

A situação de epidemia também pode ser afirmada pela incidência que hoje é de 336,21 por 100 mil habitantes. A incidência, na mesma época, entre 2015/2016 era de 82,9 por 100 mil habitantes.

Ao todo, 106 municípios estão em epidemia, 15 a mais que na semana anterior. Em situação de alerta para a dengue 47 municípios, 14 entraram para esta relação a partir da publicação do boletim de ontem.

Nesta semana os municípios estão recebendo da Secretaria unidades de larvicida (pyriproxyfen), produto usado por agentes de vigilância na remoção de criadouros.

Fonte: AEN

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623

Deixe uma resposta