A Câmara Municipal de Curitiba recebeu uma proposta da ACP para mudar o horário de funcionamento do comércio de rua. A ideia tem dois princípios: diminuir os custos aos empresários e contribuir no fluxo da cidade. A lojas devem funcionar antes ou depois do horário comercial, conforme a conveniência dos consumidores.

O presidente da ACP, Camilo Turmina, relata que o comércio lida com uma lei antiga, de 1971, que estabelece o horário de funcionamento das 9h às 19h, o que mantém engessada a atividade comercial.

A ACP também levantou a questão de mobilidade na cidade. Um horário flexível do comércio evitaria o trânsito nos horários de rush, já que as pessoas não se deslocariam sempre no mesmo horário.

O ofício foi encaminhado e aguarda a volta do recesso legislativo, no dia 3 de fevereiro, para ser tratado.

Curta nossa página no facebook: 8cc74bfbefd94a7c24d9d666a51f0623